Visualizar em:

Ordernar por:

O que é Leucina?

O que é Leucina?

Para começar simplificando, o mesmo é considerado um aminoácido e faz parte da cadeia ramificada (BCAA) do qual entre ele há, isoleucina e valina. Leucina é um aminoácido considerado vital para a síntese proteica e diversas outras funções metabólicas, desta forma ele é considerado um aminoácido essencial.

História da L-Leucina

Leucina é um aminoácido descoberto em forma de queijo, por volta de 1819 e logo um ano depois em sua forma cristalina. Este Aminoácido deriva seu nome da palavra grega ‘’leukos’’ que significa ‘’branco’’, e apenas no final do século 19 a estrutura da leucina foi estabelecida através da síntese laboratorial. Esse aminoácido é também reconhecido como um dos Aminoácidos da cadeia ramificada (BCAA).

 

Benefícios da Leucina

O exercício físico aumenta o gasto energético e promove a oxidação dos aminoácidos de cadeia ramificada. Estes aminoácidos contribuem para o metabolismo energético durante o exercício como substrato energético. Dentre estes aminoácidos a leucina quando ingerida via oral promove a síntese muscular.

Melhora na Recuperação Muscular.

Saúde intestinal

Regulação dos níveis de açúcares.

Recuperação muscular

Auxilia na Construção Muscular.

Melhora da resistência

Estimula a síntese de proteínas.

fadiga muscular
Mais informações da Leucina

Veja mais informações sobre a
L-Leucina:

 
Valor Energético 0kcal/0kJ
Porção 3g (2 medidores NewNutrition)
L-Leucina 3000mg
Rendimento 100 porções
Comprar
Leucina: para que serve

Leucina: para que serve?

Como visto acima, esse aminoácido essencial faz parte de diversos processos metabólicos das quais iremos citar agora. O mesmo auxilia na regulação dos níveis de açúcares, auxilia na construção e recuperação muscular, até mesmo por ser precursor do HMB e logo participa de algumas funções hormonais.

Alimentos ricos em Leucina

Está classificado entre os aminoácidos essenciais, o mesmo é encontrado em alimentos e por isso é indicado ter um bom planejamento alimentar, para que desta forma você consiga obter boas quantidades de aminoácidos essenciais.

Os alimentos ricos nestes aminoácidos são derivados de fontes animais e estão eles: Peixes, frango, carne vermelha, Whey Protein e ovos. Se você é vegano ou vegetariano, é preciso uma certa atenção ao consumo de suas fontes proteicas, e por isso é indicado um aumento no consumo das proteínas vegetais para obtenção de quantidades essenciais dos aminoácidos. Se você está buscando ganhos de massa magra, é preciso se atentar ao consumo de proteínas no geral e identificar a sua quantidade ideal.

Como tomar Leucina

Como tomar Leucina?

O suplemento alimentar pode ser tomado logo após o treinamento, 1 porção do produto misturado a um alimento proteico para melhor absorção. Se você utiliza Whey protein ou outra fonte proteica em seu pós treino, pode misturar o aminoácido junto no momento da tomada do mesmo. Caso haja dúvidas sobre seu uso, é indicado que você procure um nutricionista.

Leucina: efeitos colaterais

Ainda não há correlação da leucina com efeitos colaterais. No entanto, caso o indivíduo apresente alguma patologia ou sensibilidade, o mesmo deverá consultar previamente um médico e nutricionista para verificar a necessidade do mesmo.

Leucina, Isoleucina e Valina

São Aminoácidos de cadeia ramificada, mais conhecidos como BCAA . Os mesmos ficaram populares na suplementação alimentar e cada um tem a sua função, porém trabalham em conjunto para melhores resultados.

Leucina e a melhora da performance

Leucina e a melhora da performance

Um estudo feito investigou a suplementação de leucina e sua relação com a performance na atividade física, onde foi observado que depois da suplementação com o aminoácido resultou no aumento da concentração plasmática de leucina e BCAA.

Além disso, um aumento da força e potência nos membros superiores foi notada significantemente nos grupos depois da suplementação, mas a potência foi maior quando a leucina foi suplementada, comparada com o placebo.

Aminoácidos ajudam no ganho de massa muscular, você sábia?! Veja a importância dos Aminoácidos no Ganho de Massa Muscular!

Observações em artigos sobre o uso da L-Leucina

Foi visto nos artigos em que mostram que a combinação de aminoácidos essenciais são necessários para que haja síntese proteica muscular com a ingestão de proteína. Leucina é um aminoácido chave responsável pela estimulação de proteínas regulatórias chaves e iniciação da síntese proteica muscular. A potência da leucina foi vista quando os sujeitos consumiram uma baixa porção de proteína (6g), que logo se mostrou baixa para síntese proteica e logo depois de adicionado leucina a resposta foi maior em indivíduos jovens.

Similarmente, depois de uma sessão de treinamento resistido, a adição de leucina com uma bebida de proteína/carboidrato houve aumento da síntese proteica muscular do que comparado a bebida sozinha. Estes achados indicam que as proteínas com altas concentrações em leucina seriam mais eficientes do que quando baixas no aminoácido, para síntese proteica muscular.

Conclusão

É avaliado de que esse aminoácido essencial possui diversos papéis no metabolismo, portanto a alimentação deve ser equilibrada no mesmo.

É sempre indicado que consulte um nutricionista ou médico para melhores adequações alimentares.

  • :(Ops!Seu carrinho está vazio