Visualizar em:

Ordernar por:

  • ZMA  60 Cápsulas

    ZMA 60 Cápsulas

    R$ 24,90

    em até 1x de R$ 24,90 no cartão

    R$ 23,66 no boleto ou pix (-5%)

  • Combo 3 ZMA

    Combo 3 ZMA

    R$ 70,98

    em até 1x de R$ 70,98 no cartão

    R$ 67,43 no boleto ou pix (-5%)

    Tamanho:
  • Combo 2 ZMA

    Combo 2 ZMA

    R$ 48,30

    em até 1x de R$ 48,30 no cartão

    R$ 45,89 no boleto ou pix (-5%)

    Tamanho:

Na rotina do dia a dia é comum nos depararmos com a dificuldade de consumir diversos nutrientes, principalmente micronutrientes (vitaminas e minerais), naturalmente encontrados em uma dieta balanceada.

Nos últimos anos, devido ao aumento do consumo de alimentos não saudáveis, como produtos refinados, ultraprocessados ou nutricionalmente desbalanceados, diversos estudos publicados no Brasil e no mundo já apontaram uma inadequação na ingestão dos micronutrientes, entre eles o magnésio, o zinco e a vitamina B6.

É fundamental manter uma avaliação, adequação nutricional e acompanhamento para as demandas individuais.

Para cada grupo de indivíduos, como os atletas que têm atividades físicas intensas, existe uma influência maior de certos micronutrientes, a exemplo do zinco, auxiliando no funcionamento do sistema imune.

O que é ZMA? Para que serve?

O ZMA Newnutrition é um suplemento alimentar que combina os nutrientes zinco, magnésio e Vitamina B6.

O magnésio é um mineral essencial para inúmeras reações enzimáticas no corpo humano. Participa do metabolismo energético, metabolismo da glicose, síntese proteica, auxilia no equilíbrio dos eletrólitos, contração muscular, estabilidade da membrana neuromuscular e cardiovascular, entre outros.

A literatura já sugeriu o papel positivo do magnésio na musculatura, nesse sentido, praticantes de atividade física que buscam manter o desempenho ideal devem manter os níveis adequados deste mineral.

O zinco é um mineral necessário para o funcionamento de diversas enzimas que participam do metabolismo de carboidratos, lipídeos e proteínas.

Algumas dessas enzimas estão associadas ao sistema de defesa, contra o estresse oxidativo no exercício. Sendo assim, este mineral é um mediador na resistência contra os efeitos negativos ocasionados pelo overtraining (imunidade).

Em praticantes de atividade física, os níveis plasmáticos de zinco podem variar de acordo com intensidade e duração do exercício.  

Estudos já sugeriram a associação do zinco com maior força muscular isométrica e maior resistência muscular, em atletas.

Vitamina B6 está envolvida em diversos processos metabólicos, fisiológicos e de desenvolvimento. Auxilia no metabolismo de proteínas, carboidratos e gorduras.

Além disso, está associada ao funcionamento adequado do sistema imune.

Estudos já apontaram que a vitamina B6 está associada a enzimas importantes no fornecimento de energia para a contração muscular, e pode favorecer a performance em exercícios vigorosos e de longa duração (exemplo: endurance).

 

 

OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DO ZMA:

  • O magnésio e a vitamina B6 auxiliam no metabolismo energético;
  • O magnésio, o zinco e a vitamina B6 auxiliam no metabolismo de proteínas, carboidratos e gorduras;
  • O magnésio auxilia no funcionamento muscular e neuromuscular;
  • O zinco é um antioxidante que auxilia na proteção dos danos causados pelos radicais livres;
  • O zinco e a vitamina B6 auxiliam no funcionamento do sistema imune.

 

 

Como tomar ZMA?

Recomendação de uso: Consumir 1 cápsula ao dia, de preferência antes de dormir. Produto indicado para o Grupo Populacional ≥ 19 anos. "ESTE PRODUTO NÃO É UM MEDICAMENTO. NÃO EXCEDER A RECOMENDAÇÃO DIÁRIA DE CONSUMO INDICADA NA EMBALAGEM. MANTENHA FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS."

 

REFERÊNCIAS

Andrade LS, Marreiro DN. Aspectos sobre a relação entre exercício físico, estresse oxidativo e zinco. Rev. Nutr.2011; 24(4):629-640.

Castilho RS, Ornellas FH. Zinco, inflamação e exercício físico: relação da função antioxidante e anti-inflamatória de zinco no sistema imune de atletas de alto rendimento. Revista Brasileira de Prescrição e Fisiologia do Exercício. 2014; 8 (48): 580-588.

Hellmann H, Mooney S. Vitamin B6: a molecule for human health? Molecules. 2010;15(1):442-59. DOI: 10.3390/molecules15010442.

Koury JC, Donangelo CM. Zinco, estresse oxidativo e atividade física. Revista de Nutrição. 2003; 16(4): 433-441. DOI: 10.1590/S1415-52732003000400007.

Malfatti CRM, Laat EF, Soler L, Bronkhorst I. O uso de recursos ergogênicos e seus efeitos na saúde e performance física de atletas. Cinergis. 2008; 9(1): 7-14.

Martins APB, Levy RB, Claro RM, Moubarac JC, Monteiro CA. Participação crescente de produtos ultraprocessados na dieta brasileira (1987-2009). Rev Saúde Pública. 2013; 47 (4): 656–665. DOI: 10.1590/S0034-8910.2013047004968.

Severo JS, et al. Aspectos Metabólicos e Nutricionais do Magnésio. Nutr. clín. diet. hosp. 2015; 35(2):67-74 DOI: 10.12873/352severo.

Sila JC, et al. The benefits of magnesium in exercise practitioners: integrative literature review study . Research, Society and Development. 2021;10 (11):  e35101119253. DOI: 10.33448/rsd-v10i11.19253.

Zhang Y, Xun P, Wang R, Mao L, He K. Can Magnesium Enhance Exercise Performance? Nutrients. 2017; 28(9):946. DOI: 10.3390/nu9090946.

  • :(Ops!Seu carrinho está vazio